As instituições deste sistema estão a falhar miseravelmente. Seja na gestão da pandemia, seja no desgoverno da crise climática, o capitalismo garantiu que quem mais precisava de apoio, foi quem menos o teve.

Estamos a sufocar.

Nenhuma crise – sanitária, económica, climática – será resolvida enquanto as pessoas e a natureza servirem apenas para gerar dinheiro para alguns, fomentando a discriminação entre e dentro das comunidades.

Não vem aí nenhuma bazuca nem super-herói para nos salvar. Enquanto a mudança não for de fundo, salva-se apenas o mesmo sistema e quem dele lucra.

Mesmo sistema, resultados (des)iguais

A nossa indignação profunda traz-nos a coragem de dentro do medo. É a nós que cabe descontaminar a economia e regenerar a sociedade.

Nesta Primavera, vamos criar a nossa própria História. Sairemos às ruas numa ação de desobediência em massa, contra um sistema tóxico que nos vai continuar a queimar se nada fizermos.

Os corvos estão na rua para tocar o alarme. Não fiques a olhar, faz parte da mudança que queres ver.